Seja você alguém experiente ou um iniciante em trilhas, há algumas ações de preparo que devem ser seguidas por praticamente todos os ciclistas antes de uma nova aventura. Com algumas dicas simples, é possível evitar desgastes e situações indesejadas que podem ocorrer em uma trilha de longa duração.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda pelo menos 150 minutosde atividade física por semana e muitas trilham ultrapassam esse período, o que exige um maior esforço e preparo do corpo e da mente do ciclista. Veja abaixo alguns conselhos úteis para colocar em prática antes do grande dia de pedaladas ao ar livre.

  • Tenha uma boa noite de sono e descanse bem

Pode parecer óbvio, mas de vez em quando algumas pessoas esquecem ou acham que no caso delas não fara diferença. Pode acreditar: uma boa noite de sono e estar com o corpo bem descansado são coisas essenciais para encarar uma trilha puxada. Durma pelo menos oito horas na noite anterior ao dia da trilha e procure poupar energias para a atividade, já que ela pode demandar sua força extra.

  • Procure trajetos seguros e bem sinalizados

Muitos ciclistas gostam da sensação de pedalar em áreas mais isoladas, o que gera uma sensação de liberdade e contato com a natureza, mas é sempre bom ter cuidado. Procure locais próprios para trilhas e com boa sinalização, garantindo assim a segurança dos ciclistas. Um trilheiro experiente deve ter possíveis obstáculos e situações perigosas em mente na hora de decidir o local da atividade.

  • Prepare sua mente e foco para o desafio

Engana-se quem pensa que apenas atividades de maior exigência física demandam preparo. Com sua grande popularidade, os torneios de poker também passaram a ser encarados como maratonas, e hoje é comum ver jogadores praticando yoga e tendo cuidados específicos com a alimentação antes das competições. Nas trilhas, o cuidado deve ser redobrado, já que o corpo e a mente precisarão estar tinindo. Cuide de sua concentração e foco para completar o percurso sem sustos.

  • Revise a bicicleta e capriche nos alongamentos

Outro ponto de extrema importância para a segurança do ciclista é o funcionamento da bicicleta. Faça uma boa revisão em sua bike antes da trilha, garantindo que todas as peças estejam funcionando bem, e esteja pronto para eventuais emergências. O mesmo se aplica ao corpo, que deve ser alongado cuidadosamente para evitar lesões e dores durante o trajeto.

  • Prepare uma alimentação leve e energética

Assim como toda atividade física de grande impacto, uma longa pedalada exige que o ciclista esteja bem alimentado. Separe o dia anterior ao da trilha para comer alimentos leves e nutritivos, evitando gorduras e comidas pesadas. No dia, pode ser interessante fazer um café da manhã reforçado e levar frutas e barras de cereal na mochila para suprir a energia durante a incrível aventura.

  • Organize cada detalhe com os outros trilheiros

Mesmo com todos os cuidados, é normal que algum imprevisto aconteça em algumas trilhas. Por isso, o ideal é ter um grupo que organize junto os detalhes da pedalada. Que tal um ficar responsável pelo kit de primeiros socorros, outro pelos alimentos, um terceiro pelo trajeto e o quarto por artigos de segurança? Divida as tarefas e tenha uma trilha mais tranquila e segura.


Photo by twintiger007 / CC BY 2.0
  • Leve mapas, GPS e outros acessórios de auxílio

Além dos cuidados com o corpo, a alimentação e a organização, é preciso se atentar para objetos que possam ser úteis em uma trilha longa, em especial aquelas realizadas em lugares ermos. É claro que hoje os smartphones possuem todos os tipos de programas, mas é bom se precaver para uma eventual falta de sinal ou de bateria. Por isso, coloque na mochila acessórios que possam ser úteis, como mapa de papel, GPS, canivete, corda e lanterna.

E aí, preparado(a) para encarar uma longa trilha e alcançar mais um dia histórico em cima das duas rodas? Siga as dicas acima e procure outras sugestões de trilheiros experientes para ficar nos trinques e ter uma pedalada inesquecível.

Boa trilha!